Pastor x ovelha, o Reino está perdendo

por dez 26, 2012Notícias0 Comentários

A figura da ovelha, assim como a do pastor, foi tomada por Deus para exemplificar a relação que deve existir entre Deus e o seu povo, e entre o povo e o seu líder espiritual. Cada um possui papel específico no processo de peregrinação nesta terra. Dentro da ótica divina, não existe pastor sem ovelha e nem ovelha sem pastor. O papel da ovelha parece ser mais cômodo do que o do pastor. Obedecer e seguir as orientações do pastor dentro de uma visão simplista é fácil, mas dentro da visão bíblica se torna mais complexo.

Diante do fato da existência de falsos pastores, a obediência não pode ser cega e obstinada, ela precisa ser acompanhada de sabedoria e do senso julgador. A ovelha, como disse Jesus, deve conhecer a voz do seu pastor para que possa segui-lo. Muitas ovelhas têm agido de modo a contrariar os princípios bíblicos, não querem seguir o seu pastor, impondo as suas idéias e conceitos, desejando em seus corações assumir o papel de condutor de almas, que é ofício específico do ministério pastoral. Algumas até assediam outras a acompanhá-las, culminando em muitos casos em divisões dentro da igreja, deixando nitidamente evidenciado uma disputa entre a ovelha e o pastor pela orientação do rebanho.

Podemos dizer que o papel da ovelha é ouvir a voz do pastor – João 10.4 (o ensino, a orientação e seu conselho); obedecer e seguir o pastor – (Hb 13.17) (sujeitando-se com bom ânimo à sua autoridade espiritual). Quando a ovelha se preocupa com esses princípios, ela faz com que o pastor a apascente com alegria, mas nem todas compreendem a importância de ser ovelha e de viver como ovelha, vivem fazendo o pastor gemer, o que não é útil para elas como relata a carta aos Hebreus.

O evangelho tem se expandido com facilidade no nosso País, a cada dia surge uma nova denominação, muitas delas fruto dessa disputa Pastor x Ovelha. Vivemos numa época em que há uma grande inversão de valores. Certas ovelhas querem a liderança espiritual do rebanho, desejam liderar, dominar o pastor e ditar os rumos para a igreja. Diante dessa disputa, muitos pastores são impedidos de desenvolver um ministério eficiente e abençoador.

A ovelha quer ser a protagonista da sua própria história, ou seja, quer ocupar o papel principal na cena. Devemos lembrar como discípulos do Senhor que o protagonista da história da Igreja e da nossa própria vida é Jesus. Pastores e ovelhas devem viver na dependência do Sumo Pastor, aceitando o papel e a responsabilidade imposta pela Sua palavra, pois só assim teremos igrejas fortes e capazes de cumprir a missão outorgada por Cristo.

Pr. Iranil de Lima Soares
Pastor da Missão Batista Nova Aliança em Ladário – Corumbá

Anderson Solano

Anderson Solano

Publicitário, chefe do departamento de comunicação social e gestor de TI.

0 comentários

Enviar um comentário

Posts Recentes

× Como posso te ajudar?