Salvando a próxima geração

por jun 17, 2013Notícias0 Comentários

Depois de tantas experiências do povo com Deus, a nova geração não conhecia a Deus.

Com essa assertiva sobre a peregrinação dos israelitas durante 40 anos pelo deserto e infidelidade do povo depois da morte de Josué, o pregador relatou duas fases importantes a respeito do discipulado: enquanto Moisés viveu, cuidou do discipulado de Josué, preparando-o para guiar o povo após sua partida para a Glória. Josué não teve esse cuidado, não preparou um sucessor que com zelo levasse adiante os planos de Deus para libertar definitivamente os israelitas.


Em Juízes 2: 7-14, há o relato dramático da infidelidade do povo de Deus após a morte de Josué e a consequência da apostasia: “Pelo que a ira do Senhor se acendeu sobre Israel…” (Juízes 2: 14). Faltou discipulado.


Conforme instrui pastor Josué Valandro Júnior, “o discipulado não pode ser terceirizado, começa em casa. Geramos filhos para caminhar em vitórias”. Para ele, um pai tem que ser presente para que seu filho conheça o caminho da glória de Deus.


COMPROMETIMENTO


Analisando o trabalho da liderança nas igrejas, pastor Valandro Júnior afirma que o líder precisa estar comprometido com o discipulado. “Se não fizermos esse discipulado hoje vamos perder a próxima geração”, assegura o pastor, alertando para uma realidade: a maioria dos jovens de hoje não tem tempo de maior envolvimento com a igreja.


O futuro da igreja estará garantido se garantirmos o discipulado, alerta o pregador. “Nossos filhos vão manter o legado que deixarmos”, garante pastor Josué. O discipulado vitorioso depende do tempo com o discípulo, mas não funciona sem tempo com Deus.

Comunicação Social
CBSM

Anderson Solano

Anderson Solano

Publicitário, chefe do departamento de comunicação social e gestor de TI.

0 comentários

Enviar um comentário

Posts Recentes