Projeto leva vida nova para mulheres em situação de risco

por ago 24, 2012Notícias0 Comentários


Projeto em Campo Grande leva vida nova para mulheres em situação de risco

Rafaela Gizzi
Foto: José Luiz

Vida Nova. É isso que Jesus Cristo nos proporcionou com sua morte e ressurreição. E essa novidade de vida não é um privilégio para algumas pessoas. Ele pagou o preço por todos nós, todos! Mas até hoje, por ainda não ter experimentado deste amor que renova, muita gente está vivendo em meio ao falso e efêmero sentimento de prazer proporcionado pelo mundo. As mulheres envolvidas no comércio sexual fazem parte deste grupo que não conhece o amor de fato. Não conhece, mas sonha.

Enxergando essas mulheres com os olhos de Jesus e com esperança de realizar este sonho de viver um amor verdadeiro, nasceu o Projeto NOVA. Atualmente 15 famílias de Campo Grande são atendidas pelo projeto, que promove qualidade de vida por meio de ações sócio-educativas. Além de levar o amor de Cristo a essas pessoas, o objetivo é ampliar as possibilidades de vida baseados nos princípios ético-cristãos.

As mulheres atendidas são resgatadas da vida de exploração sexual e apresentadas a um novo caminho. Elas passam por tratamento médico, odontológico, psicológico e reabilitação da dependência de substâncias psicoativas. Enquanto são tratadas fisicamente, recebem ainda melhores condições de vida com móveis, roupas, alimentação e oportunidade de fazer cursos de capacitação profissional. O NOVA oferece também um grupo social em amor, realizando atividades mensais com palestras e terapias que estimulam a mudança de pensamentos e atitudes, com objetivo de criar o desejo de mudança do estado social dessas mulheres.

O cuidado não é restrito apenas às mulheres. Os filhos também são cuidados com acompanhamento psicológico e atividades socioeducativas. Todas as famílias são frequentemente visitadas para um cuidado e atenção particular.

Entre tantos desafios, atualmente as maiores dificuldades estão no transporte e no atendimento. “Estamos orando por uma Casa Apoio, para o atendimento in loco, e por um carro utilitário para transporte de doações e visitas semanais”, destaca Viviane Vaz, coordenadora do projeto.

Esta Casa Apoio será mobiliada e mantida pelo Projeto e abrigará as famílias. Lá, todos serão acompanhados pessoalmente por uma pessoa de confiança. Será ainda estabelecida uma rotina de atividades para as mães e filhos e as visitas serão supervisionadas. Tudo isso faz parte do cuidado integral, que visa reestabelecer a vida dessas famílias, contribuindo para a construção de um futuro digno, em que cada uma das mulheres assistidas possa “caminhar com as próprias pernas”, oferecendo qualidade de vida aos filhos.

Muitos são os sonhos. Muita coisa ainda está no planejamento e nas orações. A Casa Apoio e o carro utilitário são os atuais desafios. O projeto, em sua estrutura organizacional, está submisso à Primeira Igreja Batista de Campo Grande como idealizadora e mantenedora principal, e à FUNASPH como órgão jurídico responsável.

Se você quer conhecer mais ou ajudar o Projeto NOVA, entre em contato com a coordenadora Viviane Vaz ([email protected]).


Jornalista

PIB Campo Grande

Anderson Solano

Anderson Solano

Publicitário, chefe do departamento de comunicação social e gestor de TI.

0 comentários

Enviar um comentário

Posts Recentes

× Como posso te ajudar?