Deus tem uma fonte inesgotável de recursos financeiros para nós

por out 15, 2012Notícias0 Comentários

“Minha é a prata, meu é o ouro, diz o Senhor dos Exércitos.” Ageu 2:8

Deus me deu o privilégio de trabalhar com a missionária Ana Wollerman e conhecer seu dia a dia, o que me foi muito gratificante e animador. Ver todos os dias essa fonte jorrar água abundante traz fé maior em Deus. Quando Deus chamou a Ana Wollerman para ser missionária ela fez um voto, que cumpriu até o findar de sua vida e ministério. Muito me impressionava ver como as ofertas chegavam sem apelo de ninguém, eram tão constantes que, todos os dias, alguém se beneficiava. São inúmeros os exemplos.

Estávamos orando para Deus enviar recursos para começar um Instituto Bíblico em Dourados. Um irmão dos EUA, sem saber de nada, enviou uma oferta generosa.  Dezenas e dezenas de vocacionados foram ajudados financeiramente em seus estudos, para os pastores, eram comprados carros usados para o melhor desempenho do trabalho, bicicletas para evangelistas e obreiros. Móveis para obreiros, enxovais para bebês. Conheci uma família, cujo casebre estava condenado, eram servos de Deus e foi providenciada, imediatamente, a compra de um lote e a construção de algumas peças para abrigar o casal e os filhos.

Quando já aposentada, ainda me enviava uma lista de nome de pastores que deveriam receber alguma oferta. O tempo se passou, e ela não sabia das necessidades, e dizia que a oferta era para quem Deus mostrasse que precisava. Comprou tantos lotes para construção de igrejas ou escolas batistas, que se não era oferta completa, pelo menos em boa parte tinha sua participação. Não posso deixar de dizer que também bebi dessa fonte.
Em 1970, a missionária Ana havia recebido uma grande oferta, logo pensou em meu futuro, e com parte de seu próprio recurso construiu uma boa casa, onde poderíamos morar, e sua missão estaria pagando o aluguel, com isso, todo o recurso retornaria para continuar ajudando outros. Levou três anos e meio para ser quitada. Reconheci também que a promessa de Jesus estava sendo cumprida para os que se entregam ao seu trabalho.

Ao me aposentar, desejei vir morar em Campo Grande, onde facilitaria viagens para todo o estado. Imediatamente, a missionária Ana disse do seu desejo de me ajudar a comprar um apartamento onde eu pudesse morar. A maior participação foi da irmã Ana. Era uma fonte que não se esgotava. Fato muito importante aconteceu, quando a missionária Ana completou 80 anos. Ela sentiu que era hora de parar com essa atividade e me disse: “Vou avisar aos doadores que não enviem mais suas ofertas”, na minha fragilidade, pensei comigo que as necessidades iriam continuar, mas Deus me deu a compreensão para entender que aquela fonte era de quem poderia viver numa dependência total de Deus. A fonte não secou. As ofertas continuaram e o tempo não a fez esquecer os obreiros e o trabalho de Deus em nosso estado.

Deixei o último relato por ser o mais marcante na vida de todos que com ela conviveram. Na época em que precisava retornar ao seu país para cuidar da sua mãe que se encontrava com 95 anos, perguntou a Deus: Quem vai enviar “meus filhos” aos seminários, seu eu preciso me retirar? Deus lhe respondeu: Levanta aqui mesmo uma Instituição Teológica. Sem recursos e com seu voto de nunca pedir nada a ninguém, ficou um pouco aflita. Já nos Estados Unidos, recebeu de um casal amigo, uma oferta pessoal, sentiu então de enviar para o Brasil com a finalidade de comprar boa extensão de terra para a futura sede teológica. O proprietário das terras, fez um preço muito favorável, sendo valiosa sua cooperação. Ao retornar para o Brasil, após o falecimento de sua mãe, houve uma reunião para se dedicar as terras a Deus. Convidaram a missionária Ana Wollerman para orar, então, ela levanta em sua mão um punhado daquela terra vermelha, e com lágrimas, diz a Deus da nossa impossibilidade, mas que Ele pode. Mais recursos foram chegando. O trabalho não parou e tudo foi concluído! (O que foi concluído? O pessoal de outras convenções não sabe…) Como foi possível tudo isso? Que fonte inesgotável é essa? É Deus! A Ele, todo louvor, glória e majestade! É verdade que Deus usou um instrumento, mas Ele é o doador. O nosso Deus é o dono da fonte.

Miss. Esther Ergas

Anderson Solano

Anderson Solano

Publicitário, chefe do departamento de comunicação social e gestor de TI.

0 comentários

Enviar um comentário

Posts Recentes