Batistas Sul-Mato-Grossense preocupados com o exercício da cidadania

por mar 19, 2020Notícias0 Comentários

O Estado de Mato Grosso do Sul possui 186 igrejas batistas, além de 112 congregações. Os membros somam mais de 38 mil. Pastores são 362. Em 2011, comemoramos o Centenário do trabalho batista em nosso Estado, que começou na cidade de Corumbá, expandindo-se para todo o Estado.

Numa Assembleia estadual, realizada na cidade de Dourados, os batistas sul-mato-grossenses decidiram criar uma comissão para tratar questões ligadas ao exercício da cidadania, que se denominou Comissão de Cidadania, Fé e Ação Política.

Essa Comissão já emitiu documentos, realizou diversas reuniões visando fomentar o exercício salutar da Cidadania, dando a entender que o cristianismo não deve negligenciar essa parte que cabe a todo cristão, que é o bem-estar social, que envolve a família, a vida, o voto, o trabalho, a honestidade, o respeito, o amor pelo saber, a intercessão pelas autoridades, entre outros valores.

É necessário destacar que a Comissão também visa estimular e de certo modo preparar, futuros candidatos a cargos públicos, sendo que já foi eleito um Deputado Federal, o Dr. Luiz Ovando, membro da Terceira Igreja Batista de Campo Grande, mediante orientação da Comissão. Além disso, temos um vereador em Dourados, pastor Sérgio Nogueira e um prefeito em Ladário, pastor Iranil de Lima Soares, entre outros.

Para esse ano, que é um ano eleitoral, solicitamos aos pastores que indiquem pré-candidatos em potencial, para disputar as eleições municipais, pois a Comissão pode ajudá-los para obter o devido êxito nas eleições, objetivando eleger mais vereadores e prefeitos da denominação.

Destacamos ainda que Deus deseja que não sejamos apenas bons crentes, mas também bons cidadãos. Quanto ao poder civil, Calvino diz: “Não se deve pôr em dúvida que o poder civil é uma vocação, não somente santa e legítima diante de Deus, mas também mui sacrossanta e honrosa entre todas as vocações”. Robinson Cavalcanti (em memória), em seu livro Cristianismo e Política, disse: “Não há nada mais cientificamente inexato e conceitualmente impossível do que a pretensão de ser apolítico. Ser político é algo inerente à condição do ser humano”. Acrescentamos que a vida em sociedade não é possível sem governo. Sendo assim, nada mais salutar do que participar da construção política, visando o bem de todos.

Esperamos que a iniciativa dos batistas sul-mato-grossenses sirva de exemplo para os batistas de outros estados da Federação!

Nota

Membros da Comissão:
Dr. Luiz Ovando
Sérgio Nogueira

Convidados:
Carlos Trapp
Edson de Almeida
Robson Jubrica
Rosinildo de Oliveira
Sérgio Nogueira
Sílvio Cesar Davalo

Carlos Osmar Trapp
(OPBB/3650) e jornalista (DRT/MS, 928)

Anderson Solano

Anderson Solano

Publicitário, chefe do departamento de comunicação social e gestor de TI.

0 comentários

Enviar um comentário

Posts Recentes