100 anos de Ana Wollerman

por dez 14, 2010Notícias0 Comentários

13 de dezembro: 100 anos de Ana Wollerman

No dia 13 de dezembro de 1910, nascia em Pine Buff, no Estado de Arkansas (EUA), Ana Wollerman, que atuou por mais de 30 anos como musicista, evangelista e educadora, em Mato Grosso do Sul e, antes da divisão do Estado.

Ana Wollerman faleceu em 18 de fevereiro de 2008, em Menifee, EUA, e deixou um legado importante para a denominação batista sul-mato-grossense, por meio de seu amor e dedicação na formação de pastores e líderes que preparam-se ministerialmente no Seminário Teológico Batista Ana Wollerman.

Para marcar o centenário de seu nascimento, publicamos o breve testemunho de alguém que conviveu com a irmã Ana, testemunhando o seu amor pelo Reino:

“Conheci a missionária Ana, aos sete anos de idade em Jardim, quando ela para lá foi visitar a Escola Batista, hospedando-se na casa do Missionário Guilherme Hankins e sua esposa Nina. Eu era uma criança pobre e órfã e morava com eles. A missionária Ana era bonita, educada e humilde! Era o ano de 1954″.

Os anos passaram e com 17 anos, precisei vir estudar em Campo Grande. Não tinha meios para sustentar-me e estudar! A missionária Ana abriu as portas de sua casa e bondosamente recebeu-me  e outra colega, para morarmos com ela! Assim, não tivemos que pagar casa e alimentação!

A missionária Ana era muito consagrada! Fazíamos cultos todos os dias pela manhã! Era muito bom! Sentia segura em seu lar, protegida!
Ela, com seu carro, viajava muito a serviço do Senhor pelo Estado!

Era apenas mulher, mas com muita autoridade espiritual! Ajudava muito os pastores mais pobres e suas famílias. Incentivava os jovens chamados para a Obra Missionária, contribuindo com o sustento de muitos!

Fiquei noiva, e, no meu casamento, ela veio tocar as músicas, ousando a vir de tão longe, por estrada de terra, em dia de chuva, com riscos, para tocar em um casamento tão humilde! Era uma serva de Deus que valorizava os mais humlides! Fui morar em Dourados,  e não conhecia ninguém além do meu esposo! Lá estava a missionária Ana com outra serva de Deus, consagrada, Esther Ergas, de quem sinto grande prazer em ser amiga até hoje!

A família que eu tive lá foi Ana, Esther e Pr. Nelson Alves dos Santos, ainda vivo hoje com muita idade! Sou muito grata ao Pai Celeste por estas vidas que me ajudaram! O que caracterizou a vida de Ana Wollerman, para mim, foi a sua obediência e humildade ao Senhor! Creio eu que isso foi a tônica para que seu trabalho fosse bem sucedido!

Eu louvo e glorifico ao Pai Celeste, pela vida de Ana Wollerman!

Odete Medeiros Barbosa, Campo Grande, 16/11/010

Anderson Solano

Anderson Solano

Publicitário, chefe do departamento de comunicação social e gestor de TI.

0 comentários

Enviar um comentário

Posts Recentes